Memórias e esquecimentos

domingo, 27 de fevereiro de 2011

SÓLIDO AMOR 
ENDURECE AS PAIXÕES, AMORES SÓRDIDOS CONSTRÓEM TEMPLOS ASQUEROSOS. O RESTO É MERA ILUSÃO NESSE FEROZ TEMPO.                                         
Laercio Nicolau

sábado, 26 de fevereiro de 2011


Movidos

MATÉRIA BRUTA TRANSFORMADA
EM FORMAS DE GENTE E SERES  ILUSÓRIOS,
REFLEXOS DE ANGÚSTIAS E ALEGRIAS, 
MEUS DIAS INFINDOS, MEU MUNDO PRÓPRIO,  
MÃOS QUE A TUDO DÃO VIDA, 
PAPEL NEGRO COLOCADO TINTAS, 
SOPRO ALQUÍMICO, VESTÍGIO DE ERAS REMOTAS, 
IMAGENS QUE DA MENTE BROTAM SALTANDO
REMOLDAM O HOMEM QUE A MOLDA,
RESTOS JÁ JOGADOS FORA, PEDAÇOS VIVOS DE OUTRORA,
CREIO QUE ELES TE CRIAM, SE RECRIAM
ÁGUAS DO OLHO QUE ESCORREM, 
RISOS QUE DAS ALMAS DURAS ESTOURAM.


( Aos mestres da arte bonequeira )

 Laercio Nicolau

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011



MINHA CARA SENHORA
MINHA CARA
SEM HORA
PEÇO-LHE:
ENCARA-ME!
Laercio Nicolau 
...INVEJA DOS PASSÁROS, NÃO SEI SE POR SUAS ASAS LIBERTÁRIAS, PELOS BICOS AFIADOS OU POR SUAS PREDADORAS GARRAS. INVEJO OS PASSÁROS E NÃO NEGO, NÃO NEGUES...
Laercio Nicolau

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Encantou-se com a flor
Prendeu sua vida a dela
E um vento forte soprou
Laercio Nicolau 
 (Brainstorm)
Sangue, poeira e correria dentro da cidade que não mais havía, engolida pela tão bem planejada -  Tempestade.
Laercio Nicolau

domingo, 20 de fevereiro de 2011

sábado, 19 de fevereiro de 2011


 Entre o desatar de mãos e o enlace, alguma força maior me enrudece a face e me faz optar. Nem sempre escolho o mais fácil, por vezes minh'alma entristece e de mim desapega. Para que inventaram alma se ela nunca é compreendida e aceita? Nos criaram armadilhas. Alma/Armadilha: Quase um infame trocadilho.  Me basta!
Laercio Nicolau

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011



...De todos os venenos,
que essas me oferecem
desejo os mais prazerosos
e silenciosos, ao menos...
Que de amores,
liquídos
e sussuros
me matem.
Laercio Nicolau

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

...Me movo com as palavras e imagens soltas de minha mente inventiva, levado com meu sonho  por tempestades seculares e breves brisas. 
     Laercio Nicolau          

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Cineutopia II

Enquadrado nesse silêncio 
olho para o personagem 
na tela imaginária 
e fugindo me vejo. 
Nem me pareço comigo, 
não me escapo assim, 
fujo sempre de outros jeitos. 

 Laercio Nicolau
DE ARMAR 
 
CORAÇÃO DA CABEÇA DESLOCADO
( NÃO ME VEJO TANTO DAQUI )
TALVEZ SEJA DE OUTRO LADO.

Laercio Nicolau

Memórias de terra leve com pedras soltas ao meio. Sempre incomodam ou atrapalham a construção de uma idéia, às vezes me fere um dedo, sempre volto e a penero. Devolvo -as diante os medos.

Laercio Nicolau

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011


Reles 
Vistas agora essa tua máscara 
e por trás dela 
admites e aceitas 
que és nada. 
Nada tens criado ou criara, 
és uma farsa, 
até tua face é copiada.

Laercio Nicolau

 minúsculo

do céu escorre a chuva que meu corpo imerge
 por instantes sou a terra que a água acolhe
 peso enorme que torna minha alma leve.

Laercio Nicolau   
                                                                                                

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011


...Fiz teu rosto, tuas marcas e tua imagem com meus dedos na areia. Não restou nada a fazer, soprou um vento leve em minha memória ...

Laercio Nicolau

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011


DIA SEM SONS E CORES
ALMAS DESBOTADAS
CORPOS QUE DESENTOAM.
 Laercio Nicolau
NUM UNIVERSO DE FORÇAS OCULTAS E APARENTES NENHUMA PESSOA É INDEFESA E INOCENTE, NA PIOR DAS HIPÓTESES TÊM NA BOCA OS DENTES E SABEM USÁ-LOS QUANDO PRESAS.
Laercio Nicolau

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

 Sermão da montanha

De nada adianta tentar segurar as pedras quando elas já estiverem rolando.
Laercio Nicolau

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Vivo no grito seco da ave quase morta
Na ponta torta da lança que a alvejou
No vento que de suas asas sente falta
Laercio Nicolau
 ELA

...Me pediu um ombro para encostar e eu  lhe dei,  pediu para ficar aqui esta noite e não me importei, pediu que lhe acompanhasse e eu dancei, nessa  dancei... 
Laercio Nicolau
Tudo indo e vindo nesse pequeno universo que chamas de mundo particular e eu chamo de limbo.
Laercio Nicolau

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

amou-me no fim,
enfim amou-me ,
amou-me e fim.
Laercio Nicolau
  Recordo o dia em que partiste para longe e me sinto feliz. Sempre acreditei somente no próximo e agora sei que o distante existe em mim. Conforto-me.
Laercio Nicolau

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

 CADENTE
TE QUIS E SONHEI TANTO, QUE ME TORNEI ESTRELA BRILHANTE E ME JOGUEI PERTO DE TI, CAINDO SÓ PARA FICAR ALI, SENDO TEU DESEJO LUZENTE, TE QUERENDO E TE SONHANDO. CÉU SOBRE O MAR REFLETINDO.
Laercio Nicolau