Memórias e esquecimentos

sexta-feira, 17 de junho de 2011

segunda-feira, 13 de junho de 2011

PRONOMES

PERDER-ME, PERDER-SE, PERDER-TE
UNIVERSOS OBLÍQUOS
JÁ SEM TANTA FORÇA
QUASE ÁTONOS.
Laercio Nicolau

terça-feira, 7 de junho de 2011

...redescobrir pássaros e me lançar aos abismos (olhos vendados) Se não fosse poesia, fosse presságio, visagem, tempo alterado.
Laercio Nicolau
...a esmo
nem lembro
 que lindo fim
escrevi triste
sobre nós
mesmos...
Laercio Nicolau

segunda-feira, 6 de junho de 2011

... Perdoe-me, mas sem respostas pra ti. (Nesse universo confuso, me faço parte dele) Desapareço em mim e lhe recomendo: Deixe-se ir! Coloco e reitero o que digo, confuso esse universo. Seja-o, seja dele.

P.S. Isso é só poesia, isso só me move no mundo. Nada mais.
Laercio Nicolau

domingo, 5 de junho de 2011

...sereno, o olho que me persegue
passos inalcançáveis, ilusórios
desejo terreno, mistério celeste...
Laercio Nicolau

quinta-feira, 2 de junho de 2011